PCA do NOSi defende que é preciso “criar condições de infraestruturas favoráveis” para o desenvolvimento da economia digital e aponta quatro desafios para acelerar as empresas de base digital

quinta, 17 outubro 2019 08:46

O Presidente do Conselho de Administração do NOSi, Engº Carlos Tavares Pina, fez estas considerações enquanto participava numa importante conversa, na sexta-feira, 11, promovida pela Agência Lusa, na cidade da Praia, e que teve como objetivo essencial esmiuçar o presente e futuro de Cabo Verde e o seu relacionamento com Portugal, com enfoque no sector da economia digital.

Apontou quatro desafios para acelerar as empresas de base digital: investir na qualidade das infraestruturas e colocar a tecnologia ao serviço das pessoas; intensificar o investimento em qualificação; acelerar a identificação digital; zelar pelo direito à privacidade, proteção de dados e apostar na cybersegurança.

O encontro que contou com a abertura do Sr. Primeiro Ministro de Cabo Verde, Ulisses Correia e Silva, foi assistida por uma interessante plateia e contou com um notável leque de oradores: o Vice-Primeiro Ministro e Ministro das Finanças, Olavo Correia, a empresária angolana Isabel dos Santos; o presidente do Conselho de Administração da CV Telecom, José Luís Livramento; o presidente do CA do NOSI, Carlos Tavares Pina; o Presidente do CA do BCA, Francisco Costa e o representante da Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal – delegação de Cabo Verde, Jorge Salvador.

© Copyright 2016, Núcleo Operacional da Sociedade de informação - E.P.E. Todos os direitos reservados. | design & concepção: NOSi.